NOTÍCIAS

Em jogo de seis gols, MAC faz no fim, empata com o Sampaio e vai à final
07/03/2016

Maranhão chegou a estar perdendo por 3 a 1, mas foi buscar o empate em 3 a 3 e vai encarar o Moto Club na decisão do turno

Foto: De Jesus/O Estado

Mesmo podendo perder por um gol de diferença para o Sampaio Corrêa, o Maranhão foi buscar o empate em 3 a 3 neste domingo, no Castelão, e garantiu a vaga na decisão do turno contra o Moto Club. O Demolidor de Cartazes chegou a estar perdendo por 3 a 1, mas empatou com dois no final do segundo tempo.

O Rubro-negro tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais, por ter tido a melhor campanha na competição até aqui. As datas e horários ainda serão divulgadas pela Federação Maranhense de Futebol.

O jogo

O Sampaio Corrêa pressionou desde o início e chegou ao gol logo aos 4 minutos de bola rolando com cabeçada de Carlos Alberto. Demorou apenas mais quatro minutos para o Tricolor marcar o segundo gol da partida. Desta vez, Edgar driblou goleiro e ampliou placar.

O gol parece ter dado ainda mais força para o Sampaio, que seguiu em cima. Se um lado se mostrava muito atento, desde o primeiro minuto, o outro mostrou o contrário com Ribamar. Aos 24, o zagueiro perdeu bola na entrada da área e Carlos Alberto acertou o passe para Guilherme Santos que chutou para fora.

Para quem apostava que tudo já havia sido resolvido, a equipe atleticana provou o contrário. E foi de um lance de bola parada que o Maranhão conseguiu sobrevida na partida aos 37 minutos. Herói no jogo de ida, Gileard subiu mais que a defesa e acertou o ângulo de Jean. 

Faltava um gol para a Sampaio reverter a vantagem do MAC, mas o time atleticano voltou tentando dar calor no Tricolor e buscar o gol que mudaria a história do jogo. Mas embora o fluxo do Bode fosse maior, as chegadas mais perigosas ainda eram do time de Vinicius Saldanha. 

Aos 22 minutos da etapa final, Henrique saiu em velocidade pelo lado direito e chutou cruzado. O goleiro Pablo não segurou e a bola sobrou nos pés de Felipe Costa que empurrou a pelota para o fundo das redes. 

Tudo indicava que a vaga seria do Sampaio, mas, aos 39 minutos, Luiz Otávio derrubou Paulo Cesar na entrada da área e acabou sendo expulso. 

Aos 42 minutos, Paulo Cesar sofreu nova falta na entrada da área, deixou companheiro cobrar e aproveitou para usar a cabeça para marcar o segundo do Maranhão na partida e colocar o time novamente em vantagem no resultado agregado. 

O Sampaio tentou buscar o gol da vitória nos minutos finais, mas esbarrou na forte marcação Quadricolor, que ainda teve tempo de marcar o terceiro e empatar a partida. 

Sem marcação, Ratinho, que entrou no segundo tempo, avançou ao ataque e arriscou chute de fora da área acertando o canto superior do goleiro Jean, que nem se mexeu.

 

Fonte: GloboEsporte.com




OUTRAS NOTÍCIAS