NOTÍCIAS

Mecão conquista a primeira vitória no Estadual
11/02/2016

Diante do seu torcedor, o America não deu chances ao Resende e venceu por 2 a 0 nesta quarta-feira

Leandro Aguiar marcou um golaço nesta quarta. (Foto: Davi Pereira/SportVoice)

A quarta-feira de cinzas, dia 10, marcou o fim do Carnaval e o início das vitórias do America no Campeonato Estadual. Apoiado por seus torcedores no estádio Giulite Coutinho, o Rubro bateu o Resende por 2 a 0. O zagueiro Fábio Braz e o meia-atacante Leandro Aguiar marcaram os gols do primeiro triunfo americano em Mesquita. Após a vitória, que deixou o Rubro com 4 pontos, o Mecão volta a campo no sábado, dia 13, às 17h, quando enfrenta o Macaé. A partida será realizada no estádio Moacyrzão, em Macaé.

O jogo

O primeiro tempo foi bastante equilibrado, com as duas equipes tentando tomar as rédeas do jogo. No entanto, foram do America as duas melhores chances da etapa. Leandro Aguiar puxou contra-ataque aos 19 minutos e arriscou de fora da área. Arthur, atento, conseguiu defender em dois tempos. Na outra chance da etapa o arqueiro do Resende nada pôde fazer. Fábio Braz recebeu de Marlon no lado direito da grande área, quase na pequena área, e finalizou rasteiro. A bola entrou entre Arthur e a trave: America 1 a 0, aos 37 minutos.

Em desvantagem o Resende precisava se lançar ao ataque para tentar empatar o jogo. Com essa postura o time visitante quase marcou um gol aos nove minutos da etapa complementar, quando Kim chutou forte de fora da área. Contudo, Felipe voou para espalmar o chute cruzado, vindo da esquerda. Dois minutos depois o Mecão respondeu com mais um gol. Em belíssima jogada individual, Leandro Aguiar passou como quis por seu marcador, invadiu a área e chutou cruzado, rasteiro, de canhota, ampliando: 2 a 0.

Com uma vantagem mais tranquila o America administrou o resultado diante de um Resende que não desistia e pressionou. No entanto as melhores chances de gol foram criadas pelo America. As mais contundentes foram um remate de fora da área de Matías Sosa, aos 25 minutos, que voou para fora, e uma finalização de Renato, da marca do pênalti, defendida em dois tempos por Arthur, aos 40.

Fonte: Assessoria de Imprensa | America




OUTRAS NOTÍCIAS