NOTÍCIAS

America não dá chances ao Artsul e é finalista do returno
04/09/2017

Com gols de Léo Rocha e Allan, Mecão foi a Nova Iguaçu e venceu por 2 a 0 pela semifinal da Taça Corcovado

Foto: Juliana Oliveira/America

Se só a vitória interessa, que venha a vitória! Com atuação intensa e dominante durante os 90 minutos, o America bateu o Artsul por 2 a 0 no último sábado e está na final da Taça Corcovado. Léo Rocha e Allan, um em cada tempo, marcaram os gols do America e chegaram a 10 tentos no campeonato cada um. Tudo isso para o delírio da torcida rubra, que incentivou o time durante todo o duelo.

O adversário da decisão será o Itaboraí, no próximo sábado, em local a ser definido em sorteio na Ferj na próxima segunda-feira, às 13h30. Não há vantagem do empate para nenhum time. Caso vença o turno, o America estará no jogo do acesso, contra o Audax, fora de casa.

O jogo

Aos 10 minutos, a primeira chance do Mecão. Robinho acertou o travessão após receber passe de Welber. O goleiro Waldson chegou a tocar na bola, que tinha endereço certo. O Artsul respondeu aos 18 com Igor Fellipe (ex-America), mas Felipe evitou o gol.

Depois do susto, o America seguiu em cima. Welber cabeceou com muito perigo aos 24 minutos, mas a bola passou por cima. Léo Rocha chutou de fora da área aos 30 e exigiu boa defesa do goleiro.

O gol parecia questão de tempo e veio aos 32. Robinho cruzou pelo lado esquerdo e achou Belarmino na área. Ele limpou o lateral Dodô, mas foi derrubado na hora de chutar. Pênalti indiscutível que Léo Rocha cobrou no canto direito para abrir o placar.

O Mecão só não saiu com vantagem ainda maior porque Waldson salvou chute certeiro de Allan no canto esquerdo aos 34 minutos.

O Artsul perdeu o lateral Dodô aos 11 minutos do segundo tempo. Ele já havia recebido o cartão amarelo no lance do pênalti e foi justamente expulso após falta duríssima em Robinho. O America seguia dominando e pôde ter ainda mais serenidade quando Rogério Xodó acertou a canela de Juninho Bolt, que havia entrado pouco tempo antes no jogo e que levou os defensores à loucura com muita velocidade. Nova – e justa – expulsão no time iguaçuano aos 28 minutos.

A pressão do America voltou à tona e nasceu o segundo gol. Aos 32 minutos, Robinho, na área, rolou para Anderson Künzel, que bateu de primeira. No rebote de Waldson, o artilheiro Allan tocou com precisão no canto esquerdo. A bola bateu na trave e morreu na rede.

E houve chance para mais. Aos 42 minutos, Pessanha soltou o pé em cobrança de falta e Waldson rebateu. Anderson Künzel pegou a sobra, mas o goleiro do Artsul fez boa defesa mais uma vez.

Fonte: Assessoria de Imprensa | America




OUTRAS NOTÍCIAS