NOTÍCIAS

Vulcão realiza peneiras para jovens de até 23 anos
19/05/2017

Técnico Marcelo Albino avaliou cerca de 400 atletas em busca de talentos para o elenco da equipe

Foto: Rafael Santos/Poços Já

Durante toda a semana, o Poços de Caldas Futebol Clube realizou peneiras na sua cidade sede em busca de jovens talentos. Quase 400 atletas, das categorias sub-20 e sub-23, entraram em campo, nos estádios Prontidão e Bandolão, em busca de uma vaga na equipe que vai disputar a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, a partir do dia 29 de julho.

Técnico do time desde que o Vulcão voltou às atividades, Marcelo Albino acompanhou de perto os quatro dias de peneira e espera tirar 1/3 do grupo de jogadores para a disputa da 2ª Divisão do Mineiro.

“Nós vamos ter 30 jogadores no elenco e vamos ter uma porcentagem de atletas mais jovens, nascidos em 1998 e 1999. Com isso, 33% do elenco vai ser composto por esses meninos, já pensando no processo de formação futura, até pensando na possibilidade futura de participação na Taça São Paulo”, explica o treinador.

Albino também faz a sua avaliação das peneiras realizadas até agora: “Sabemos que o futebol hoje está carente de talentos, de jogadores que se destacam, e nas peneiras tivemos algumas dificuldades nesse sentido, mas vimos alguns jogadores em boas condições, que dá para a gente avaliar com calma. Se fosse para montar um time Sub 20, dava para avaliar mais jogadores, mas como já é para jogar o profissional, é mais difícil. Vamos ter jogadores jovens, mas capazes de chegar ao profissional e desempenhar bem”.

 

A expectativa da comissão técnica é contar com 12 jogadores oriundos das peneiras, para completar o elenco de 18 atletas já contratados pelo clube. “Vários jogadores foram escolhidos a dedo, vieram contratados e outros foram aprovados em algumas avaliações que fizemos. Vamos completar os 12 jogadores que faltam e, se a gente não conseguir encontrar nessas avaliações, vamos trazer jogadores contratados, peças pontuais para as posições carentes”, finaliza o técnico do Vulcão.

Fonte: Poços Já




OUTRAS NOTÍCIAS